Um convite

0

“Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo” (Ap 3.20).

Esse é um convite condicional: se ouvir, se abrir, se quiser cear com Ele. Nada é obrigatório. Há muitas coisas que não conseguimos entender, e, quando começamos a compreender que Deus ama a liberdade, passamos a servi-lo em amor e por amor. Deus não quer ninguém O servindo por obrigação, como acontece com o religioso. Deus deseja relacionamento, espontaneidade de amor. Deus ama a liberdade, e não a escravidão.

Promessa diária: “Sabei, pois, que o Senhor separou para si aquele que é piedoso; Senhor ouvirá quando eu clamar a ele” (Salmos 4.3).

Pr. Márcio Valadão

Devocional Original: Lagoinha News.

você pode gostar também Mais do autor