Qual é o papel do cristão diante de tanta violência contra criança?

0

Mais de 450 testemunhos foram colhidos pela ONG “Save the Children”, conhecida mundialmente por realizar um trabalho de cuidado e defesa à infância. A partir dessas entrevistas, a ONG divulgou um relatório que mostra a triste realidade das crianças que sofrem com a guerra na Síria. Dados constatam que quase 6 milhões de crianças podem sofrer danos psicológicos irreversíveis. Elas param de falar, sofrem com pesadelos frequentes e carregam o peso de imagens chocantes que causam traumas e dor.

No Brasil, a realidade é outra. Infelizmente, nossas crianças sofrem com outros problemas. As crianças brasileiras enfrentam desafios como maus tratos, violência, pedofilia, abuso etc. Por isso os pequenos precisam de um suporte que os defendam.

A Lagoinha Sede conta com o Espaço Infância Protegida, que atua em defesa da família por meio de cursos, palestras, aconselhamentos, ações, projetos, seminários e conferências que visam alertar os pais em diversos aspectos da criação e proteger a criança e o adolescente dos ataques do inimigo. Por meio de programas políticos e sociais, o ministério atende crianças vitimadas e promove uma cultura de bons tratos pautados nos princípios estabelecidos por Deus em Sua Palavra, bem como nos direitos e deveres instituídos como fatores de proteção da criança e do adolescente no país. Entende-se que cuidar da criança e do adolescente é transformar o futuro de uma Nação.

Devemos nos envolver nesses projetos para que mais crianças tenham a oportunidade de conquistarem um futuro melhor. Além disso, é nossa responsabilidade como cristão interceder, jejuar e clamar por elas, crendo que só Jesus pode trazer de volta o gosto pela vida. Então, comece hoje, inclua as crianças do mundo como alvo de suas orações, tome para si esta causa e entregue nas mãos Daquele que é o único poderoso para mudar essa realidade.

 

você pode gostar também Mais do autor