Ore pela Argélia: 42º país na Lista Mundial da Perseguição 2018

#Artigos

0

Maior país da África e o décimo maior do mundo, a Argélia tem 46% da população com menos de 25 anos. Apesar de apresentar uma situação aparentemente estável atualmente, pode reviver o passado marcado por conflitos, caso o governo não solucione o aumento do nível de desemprego e o descontentamento econômico, resultado da queda do gás natural. A sucessão do presidente Bouteflika, que está em seu quarto mandato, assim como a situação da Líbia, que tem longa fronteira com o país, podem influenciar no clima local. A Portaria 06-03 segue vigente e regula o exercício do culto religioso além do islâmico, sendo uma forma de controlar o avanço da minoria cristã argelina, particularmente na região de Kabyle, local marcado por situação delicada economicamente.

O desemprego em algumas regiões, por exemplo, é superior a 50%. No Índice de Percepção de Corrupção, a Argélia está entre em 100 dos 175 países (1ª posição significa muito limpa, a classificação 175 significa altamente corrupta).

Notas sobre a situação atual

• Um jovem cristão ex-muçulmano foi agredido por sua família e forçado a continuar indo para a mesquita local, uma vez que sua família encontrou sua Bíblia embaixo da cama. Outro cristão ex-muçulmano foi forçado a se separar de sua esposa quando sua família descobriu que não era mais muçulmano.

• Durante o Ramadã 2017, uma igreja em Ouargla foi atacada por muçulmanos que jogavam pedras quase diariamente. Em agosto de 2017, a igreja foi novamente atacada pela população local. Uma igreja católica (para expatriados) em Sidi Moussa também foi destruída em 9 de junho de 2017.

• Outro cristão ex-muçulmano foi agredido e expulso da casa da família quando ela descobriu que ele se tornou um cristão. Ele foi forçado a se esconder desde então e teme por sua vida.

• No período de relatório da Lista Mundial da Perseguição 2018, várias igrejas afiliadas à Igreja Protestante da Argélia (EPA) foram instruídas pelas autoridades locais para parar suas reuniões com base em um estatuto de 2006 que regula o culto não muçulmano.

Pedidos de Oração: 

  • O futuro político permanece incerto na Argélia e parece que o governo tenta preparar uma sucessão para o presidente Bouteflika. Ore por uma transição tranquila e sem violência. Clame também para que o “novo” governo seja mais aberto aos cristãos e reconheça seus direitos como cidadãos.

  • Louve a Deus pelo crescimento da igreja argelina. Interceda também pelos novos cristãos e peça que eles cresçam espiritualmente.

  • Ore pelos irmãos que são perseguidos por suas famílias, o que é o caso de muitos cristãos ex-muçulmanos. Interceda por proteção, e que eles amem e perdoem aqueles que os perseguem.

República Democrática Popular da Argélia

Fonte de Perseguição: Opressão islâmica
Capital: Algiers
Região: Norte da África
Lider: Abdelaziz Bouteflika
Governo: República
Religião: Islamismo
Idioma: Árabe, francês, berber
Pontuação: 58
População:  41 milhões
População cristã: 68.5 mil

:: Site Portas Abertas

você pode gostar também Mais do autor