O RICO PASSARÁ COMO A FLOR DO CAMPO

Devocional

0

“Pois o sol se levanta, traz o calor e seca a planta; cai então a sua flor, e é destruída a beleza da sua aparência. 
Da mesma forma o rico murchará em meio aos seus afazeres” (Tiago 1.11).

Quando formos habitar na nossa pátria celestial, nada levaremos conosco. Nenhum dinheiro, roupas, carros ou imóveis entrarão no céu.  Essas coisas são perecíveis, ou seja, irão deteriorar-se ou se extinguir (Provérbios 23.5).  Elas não terão valor na habitação pela qual tanto ansiamos. Os homens que buscam, ansiosamente, acumular esse tipo de tesouro e vivem luxuosamente na terra, não são ricos da fé em Cristo, não estão trilhando caminhos de luz. Seus olhos estão fixos em coisas passageiras.

Mas aquele que deposita o seu coração em Cristo, o Salvador do mundo, demonstra que busca o Reino eterno. O cristão genuíno, que é quebrantado e contrito, procura fazer o bem, ajudar os necessitados, cuidar dos rejeitados pela sociedade, abençoar os familiares e a igreja do Senhor Jesus. A fé do justo é externada por meio de obras, cheias de bons frutos. Ele é como o bom samaritano de Lucas 10.30-37. Nessa história, contada por Jesus, um homem foi agredido por assaltantes e deixado na estrada. Contudo o bom samaritano passou por aquele caminho, parou, viu a situação do agredido, teve piedade e o ajudou. O bom samaritano cuidou das feridas daquele homem, o levou para uma hospedaria, pagou a hospedagem e todas as despesas referentes ao cuidado dele, demonstrando em que lugar estava o seu coração. “Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração” (Mateus 6.21). Onde está o seu coração?

você pode gostar também Mais do autor