O longânimo tem grande entendimento

0

“O homem paciente dá prova de grande entendimento, mas o precipitado revela insensatez” (Provérbios 14.29).

Paciência é uma virtude que demonstra aquele que é tardio para se irar. Ou seja, o paciente é aquele que recebe afrontas verbais, como Cristo recebeu, mas que não reage com raiva e que não ofende o ofensor. Como diz em Tiago 1.19: “Meus amados irmãos, tenham isto em mente: Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se”. O paciente também acalma as discussões, ao invés de “colocar fogo” na conversa (Provérbios 15.18b), assim como é rápido em perdoar quem o ofende (Provérbios 19.11b). Nesse assunto, o conselho em Eclesiastes 7.9 é: “Não permita que a ira domine depressa o seu espírito, pois a ira se aloja no íntimo dos tolos”.

A paciência também está relacionada em saber aguardar as promessas de Deus e em entender que elas acontecem no tempo Dele. Com paciência, o homem espera e não tenta passar à frente de Deus, pois ele descansa no Senhor. Assim, ele confia que o Pai sabe de todas as coisas e que tem o tempo exato para realizar os planos Dele. Que sigamos o caminho da paciência! Não sejamos insensatos pulando as etapas.

você pode gostar também Mais do autor