Não busque vingança

0

“Não digas: Vingar-me-ei do mal; espera pelo Senhor, e Ele te livrará”(Provérbios 20.22).

Vivemos o padrão do Reino de Deus, um reino inabalável, que nos leva a remar contra a maré do mundo. O Rei desse reino nos ensinou a amar os nossos inimigos e a orar por aqueles que nos perseguem (Mateus 5.44). Esse rei é Jesus. Ele nos amou com um amor incomparável indo para a cruz. Quando ainda estávamos vivendo na escravidão do pecado, Deus nos chamou, nos resgatou e nos justificou. Pela fé no Salvador, mediante o Seu sangue, fomos salvos. Tenhamos esse mesmo amor que Cristo teve.

Tenhamos esse amor que estende a mão para o pior dos pecadores. Se entendo que, outrora, estava nessa mesma posição (afastado da glória do Espírito Santo, que veio a derramar amor no meu coração), entendo também que preciso que ter paciência e compaixão. Compreendo que preciso demonstrar o caráter de Jesus e esperar que o meu inimigo seja convencido do pecado, da justiça e do juízo, pelo Consolador (João 16.8-11). Precisamos fazer sempre o bem, não o mal, por mais difícil que seja. Quem foi que disse que viver para Jesus seria fácil? É essencial perseverar na prática da compaixão, bondade e amor.

você pode gostar também Mais do autor