Interpretando corretamente as Escrituras

0

De vez em quando me perguntam: “Se você se encontrasse em uma ilha deserta e só pudesse ter um punhado de livros com você, quais livros você gostaria de ter?” Costumo responder de forma semelhante a como o Dr. R.C. Sproul costumava responder, dizendo que eu gostaria de um livro sobre como construir um barco e um livro sobre como se alimentar em uma ilha selvagem deserta. Minha resposta seguinte muitas vezes surpreendeu as pessoas. Digo-lhes que gostaria de comentários bíblicos. Se eu estivesse realmente em uma ilha deserta, o que mais me confortaria e encorajaria, o que ocuparia melhor meu tempo e o que me ajudaria mais do que qualquer outra coisa a amar e glorificar a Deus e confiar em sua vontade soberana seria um estudo aprofundado de sua sagrada Palavra. Pelo poder do Espírito Santo, Deus fala conosco por meio das Escrituras, e se os cristãos desejam ouvir Deus falar com eles, tudo o que precisam fazer é ler a Bíblia. Martinho Lutero declarou: “A Bíblia está viva, ela fala comigo; tem pés, corre atrás de mim; tem mãos, me segura.” A Bíblia é nossa única regra infalível de fé e prática. Os comentários são únicos porque nos ajudam a compreender e interpretar o que a Bíblia realmente diz, não o que queremos que ela diga. Tão importante quanto, eles nos ajudam a saber o que a Bíblia não diz. Como a maioria dos pastores nos Estados Unidos, tenho vários livros, e muitos deles se enfileiram nas prateleiras do meu escritório na igreja. Meus comentários, no entanto – meus companheiros mais queridos – enfileiram-se nas prateleiras de meu escritório em casa. A propósito, acredito que uma das maiores necessidades da igreja, e de seus pastores ao redor do mundo – particularmente na África e na América Latina – são Bíblias de Estudo reformadas e comentários bíblicos.

Eu não apenas uso comentários, nem simplesmente leio comentários, eu os devoro e mergulho neles, não simplesmente para meu próprio bem, mas para o bem de minha esposa e nossos filhos, bem como para a Noiva de Cristo. A Bíblia é um livro sagrado, e é o único livro verdadeiramente sagrado porque é o único livro inspirado pelo único e verdadeiro Deus, e deve ser interpretado à luz do livro único que é. Ao longo da história, muitos leram e interpretaram a Bíblia sem sua singularidade em mente, e as consequências são manifestadamente devastadoras. A fim de compartilhar corretamente a Palavra de Deus, precisamos aprender a interpretar corretamente a Palavra de Deus, e para interpretar corretamente a Palavra de Deus, precisamos estudar cada versículo à luz de toda a Escritura, usando comentários e livros confiáveis sobre como interpretar as Escrituras para que não continuemos a acreditar e ensinar visões distorcidas das Escrituras de acordo com nossas próprias pressuposições e paixões, mas de acordo com todo o conselho de Deus.

Devocional Original: voltemos ao Evangelho.

você pode gostar também Mais do autor