Garimpando as orações nas Escrituras

0

Houve um tempo durante essa pandemia que fiquei sem palavras para orar. Uma mudez em minha alma sufocada pelas incertezas tomou conta do meu processador de orações. Emudeci.

Angustiada com a falta de voz fui aos salmos em busca de socorro. Encontrei alívio nas palavras de outras almas aflitas e aturdidas, palavras que eu não conseguia encontrar em minha gaveta de orações.

Os salmos me despertaram um olhar garimpeiro por toda a Escritura onde tenho encontrado a sabedoria da verdade e enchido muitas gavetas com caixinhas das orações de Davi, Daniel, Paulo e Jesus, entre outros tantos que nos deixaram inspiração e ensino para modelarmos nossas orações à Palavra inspirada de Deus.

Um exercício de vida piedosa é a oração. Quero convidar você a andar uma milha comigo nessa jornada e aprendermos a tirar do bom tesouro da palavra de Deus nossas orações.

Saturada com a Palavra de Deus

Você e eu precisamos conformar nossa mente à palavra de Deus todos os dias, pois sofremos influência do mundo o tempo todo e nos esquecemos do glorioso evangelho. Se fomos compradas pelo precioso sangue de Jesus, então não somos mais escravas de nossos desejos pecaminosos, mas pertencemos ao Senhor, o Sacerdote supremo de nossa alma eterna. E nele nos movemos e vivemos, sendo conformadas à sua imagem perfeita. Assim todos os dias buscamos o Verbo de Deus e vamos crescendo em santidade e perseverando no Caminho. O Espírito de Deus nos ensina, nos faz crescer em graça e virtude e nos torna aptas para todas as práticas de vida piedosa. Cheias da Verdade, somos conduzidas pelo Santo Espírito para abrir nossa boca e proferir palavras de vida em oração.

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.” 2 Timóteo 3.16-17

A boca fala do que está cheio o coração

Hoje quero compartilhar 4 modelos de oração que garimpei nas Escrituras para nos exercitarmos a orar com a bíblia porque o Senhor disse que tudo que pedirem em nome de Jesus ele faria.

“E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. Se me amais, guardareis os meus mandamentos.” João 14.13-15

O sentido disso é que quando você estiver saturada pela Verdade da palavra de Deus, tudo o que você pedir estará conformado a essa verdade, Jesus é a Verdade, então o que você pedir estará de acordo com o que Jesus ensina, você estará conformada à vontade do próprio Senhor, a vontade dele será a sua vontade.

Oração de Ações de Graça é a bendita oração que fazemos para compartilhar com o Senhor nossa gratidão. É a oração cheia de louvor, quando expressamos a música que nosso coração entoa. É a canção nova que sai de lábios que professam o seu Nome.

Vamos tomar emprestada uma oração de Paulo em sua carta aos Colossenses, nessa introdução à carta ele reconhece com gratidão a fé e o amor de seus irmãos da igreja de Colossos, os quais ele nem ao menos conhecia. Mesmo distante, Paulo diz que tem orado por eles em expressão de ações de graça.

“Damos sempre graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vós, desde que ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que tendes para com todos os santos; por causa da esperança que vos está preservada nos céus, da qual antes ouvistes pela palavra da verdade do evangelho, que chegou até vós; como também, em todo o mundo, está produzindo fruto e crescendo, tal acontece entre vós, desde o dia em que ouvistes e entendestes a graça de Deus na verdade; segundo fostes instruídos por Epafras, nosso amado conservo e, quanto a vós outros, fiel ministro de Cristo, o qual também nos relatou do vosso amor no Espírito.” Colossenses 1.3-8

Oração de Petição é aquela oração que nós fazemos com mais frequência. É quando pedimos, suplicamos a Deus por alguma coisa que necessitamos, ou por alguma circunstância que desejamos mudar.

“Por esta razão, também nós, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que transbordeis de pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual; a fim de viverdes de modo digno do Senhor, para o seu inteiro agrado, frutificando em toda boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus; sendo fortalecidos com todo o poder, segundo a força da sua glória, em toda a perseverança e longanimidade; com alegria, dando graças ao Pai, que vos fez idôneos à parte que vos cabe da herança dos santos na luz.” Colossenses 1.9-12

Oração de Intercessão: Quando suplicamos por alguém.

Vamos nos lembrar de como Jesus intercedeu por nós.

“É por eles que eu rogo; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus; ora, todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e, neles, eu sou glorificado. Já não estou no mundo, mas eles continuam no mundo, ao passo que eu vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me deste, para que eles sejam um, assim como nós. Quando eu estava com eles, guardava-os no teu nome, que me deste, e protegi-os, e nenhum deles se perdeu, exceto o filho da perdição, para que se cumprisse a Escritura. Mas, agora, vou para junto de ti e isto falo no mundo para que eles tenham o meu gozo completo em si mesmos. Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como também eu não sou. Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal. Eles não são do mundo, como também eu não sou. Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.” João 17.9-17

Oração de Confissão de Pecados é aquela oração de arrependimento, quando levamos diante do Senhor, com o coração contrito nossos erros e pecados e pedimos que ele nos perdoe.

Na primeira carta de João lemos que se confessarmos os nossos pecados ele, Jesus, é fiel e justo para nos perdoar. Você não precisa carregar a culpa, você precisa confessar os pecados e ter certeza de que foi perdoada e purificada do mal.

Vemos no Antigo Testamento a confissão do profeta Daniel pelos pecados de todo o povo de Deus.

“Orei ao Senhor, meu Deus, confessei e disse: ah! Senhor! Deus grande e temível, que guardas a aliança e a misericórdia para com os que te amam e guardam os teus mandamentos; temos pecado e cometido iniquidades, procedemos perversamente e fomos rebeldes, apartando-nos dos teus mandamentos e dos teus juízos; e não demos ouvidos aos teus servos, os profetas, que em teu nome falaram aos nossos reis, nossos príncipes e nossos pais, como também a todo o povo da terra. A ti, ó Senhor, pertence a justiça, mas a nós, o corar de vergonha, como hoje se vê; aos homens de Judá, os moradores de Jerusalém, todo o Israel, quer os de perto, quer os de longe, em todas as terras por onde os tens lançado, por causa das suas transgressões que cometeram contra ti. Ó Senhor, a nós pertence o corar de vergonha, aos nossos reis, aos nossos príncipes e aos nossos pais, porque temos pecado contra ti. Ao Senhor, nosso Deus, pertence a misericórdia e o perdão, pois nos temos rebelado contra ele e não obedecemos à voz do Senhor, nosso Deus, para andarmos nas suas leis, que nos deu por intermédio de seus servos, os profetas. Sim, todo o Israel transgrediu a tua lei, desviando-se, para não obedecer à tua voz; por isso, a maldição e as imprecações que estão escritas na Lei de Moisés, servo de Deus, se derramaram sobre nós, porque temos pecado contra ti.” Daniel 9.4-11

Quanto mais encharcadas da Palavra de Deus estivermos mais estaremos moldadas à vontade de Deus que pelo seu Santo Espírito nos aperfeiçoa para orarmos.

Avante, ovelha, ore sem cessar!

Fonte: Voltemos ao Evangelhos.

você pode gostar também Mais do autor