EVANGELIZAÇÃO: O TEMPO É AGORA!

0

Aqueles que foram alcançados pelo Evangelho de Cristo e vivem para a glória de Deus, devem, com senso de urgência, proclamar a palavra de Deus aos que estão perdidos, a fim de que sejam salvos pela graça, mediante a fé, para a prática das boas obras. Todo chamado é um enviado. Quem encontrou o Pão da vida, não pode sonegar esse Pão aos que perecem. Aqueles que foram arrancados do império das trevas, não podem deixar de levar a luz do evangelho aos que jazem nas trevas. Aqueles que foram perdoados, não podem deixar de avisar aos que jazem perturbados pelos seus pecados, que Deus é rico em perdoar e tem prazer na misericórdia. Por que a evangelização é uma tarefa urgente?

Em primeiro lugar, porque os homens estão perdidos. O homem é concebido em pecado. Desvia-se desde a sua concepção. A inclinação de seu coração é inimizade contra Deus. O pecado é a transgressão da lei de Deus. O pecador está em rebelião contra Deus e é inimigo de Deus. Está separado da glória de Deus e caminha célere para a condenação eterna. Todos os homens: ricos e pobres, doutores e analfabetos, religiosos e ateus, sem distinção, sem exceção, estão perdidos até que sejam salvos por Cristo Jesus.

Em segundo lugar, porque é uma ordem imperativa de Cristo. Os quatro Evangelhos, bem como o livro de Atos, destacam a grande comissão de Jesus. Os discípulos de Cristo devem ir até aos confins da terra, pregando o evangelho a toda a criatura, fazendo discípulos de todas as nações. Proclamar o evangelho não é uma opção, mas um mandamento. Não é uma tarefa para ser feita depois, mas agora. Não é para ser feita apenas em nosso reduto, mas, também, além fronteiras.

Em terceiro lugar, porque é uma missão intransferível da igreja. Os anjos são espíritos ministradores aos que herdam a salvação, mas eles não evangelizam. A igreja é o método de Deus para alcançar o mundo. Se nós falharmos, não existe outro método. Se nós nos omitirmos, seremos tidos como culpados. Se nós formos negligentes, e não avisarmos o ímpio, ele morrerá em sua impiedade, mas o seu sangue será cobrado de nós.

Em quarto lugar, porque é uma tarefa impostergável que não pode esperar. Nós só temos o tempo chamado HOJE para alcançarmos a nossa geração. Amanhã pode ser tarde demais. Hoje é o dia oportuno. Agora é o tempo da salvação. A evangelização não pode esperar. Essa é uma tarefa que não pode ser deixada para depois. Não há esperança para o pecador fora do evangelho. Não há salvação fora de Cristo. Não há fé salvadora sem a proclamação da palavra de Cristo. Portanto, que cada um de nós se coloque nas mãos de Deus, para pregar a tempo e a fora de tempo, com plena consciência da urgência dessa tarefa.

Em quinto lugar, porque as falsas religiões se proliferam. Enquanto os filhos do reino dormem o sono da indiferença, o inimigo semeia o joio no trigal de Deus. Enquanto a igreja, remida pelo sangue do Cordeiro, cala a sua voz, os filhos das trevas, diligentemente, investem na proclamação de um falso evangelho, produzindo falsos convertidos, enganando as pessoas com uma falsa esperança. Desprovidos de entendimento e enganados pelas mentiras de Satanás, os filhos deste mundo são mais zelosos do que os filhos da luz. Enquanto desperdiçamos nosso tempo em discussões periféricas e inócuas, o reino das trevas avança. É hora de nos levantarmos, como um exército embandeirado, e cumprir nossa missão, sem tardança, chamando a todos, pela voz do evangelho. Aqueles que são ovelhas de Cristo ouvirão a sua voz e o seguirão. Então, nos alegraremos em Deus e ele será glorificado em nós, o seu povo. Nosso Redentor, verá o fruto do penoso trabalho de sua alma e ficará satisfeito!

você pode gostar também Mais do autor