AME COM SINCERIDADE

Devocional

0

“O amor deve ser sincero” (Romanos 12.9a).

Nosso amor deve ser sem hipocrisia, ou seja, não fingido e sem dissimulação. Devemos odiar tudo que é mau e nos apegar ao que é bom, desejando ardentemente o bem e buscando um coração puro. A marca do cristão é o amor, que deve ser reconhecido em nós pelos que são filhos do mundo, como diz em João 13.35: “Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros”. Sem amor, as profecias, o evangelismo, as ações sociais e a fé capaz de realizar curas e milagres não tem valor nenhum.  Precisamos decidir,  intensamente, viver o amor diariamente e a todo o tempo. Quem ama é paciente e bondoso, não é invejoso e nem orgulhoso, não exalta a si mesmo e não é egoísta, não guarda mágoas, não é grosseiro e não se ira facilmente (1 Co 13.4-6).

O amor sincero acredita e espera com paciência que o próximo pode ter suas atitudes transformadas pelo poder do Espírito Santo, por isso continua a ensinar a Palavra de Deus para seus amigos, familiares e vizinhos. O cristão que ama tem a mesma atitude de Cristo que pregou as boas novas durante três anos aos seus discípulos, com a esperança de que se tornariam homens capazes, pela ação do Espírito, de levar o Evangelho ao mundo. Outra característica do amor sincero é que ele tudo sofre, assim como Paulo e Silas, que mesmo açoitados e deixados em uma prisão, louvaram e oraram a Deus, tornando-se instrumentos de salvação para o próprio guarda da prisão que lhes causou dor, quando os lançou na prisão e lhes prendeu os pés no tronco (At 16.24). Que tenhamos esse amor sem medida capaz de suportar a dor, o sofrimento com paciência e bondade para que outros sejam salvos.

você pode gostar também Mais do autor