A VONTADE DE DEUS É QUE FAÇAMOS O BEM

Devocional

0

“Pensem nisto, pois: quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado” (Tiago 4.17).

As boas obras serão cobradas é daqueles que já conheceram ao Senhor. Isso porque é para os que creem que Deus já deu capacidade para praticarem as mesmas obras que Jesus. “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que CRÊ em mim também FARÁ as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai” (João 14.12). Jesus deixou um trabalho para nós: continuar fazendo o que Ele começou. Não corresponder a esse chamado Dele é virar as costas para aquilo que o Senhor já revelou aos nossos corações. É por isso que em Tiago 4.17 é dito que quem deve fazer bem – isto é, os cristãos – e não o faz, comete pecado.

Se temos a revelação de Cristo, temos também a revelação das práticas que devemos executar. Sendo assim, nos tornamos indesculpáveis quando negligenciamos as ordenanças do Senhor. Pior: estamos negando a Deus! “Porque, tendo conhecido a Deus, não O glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças” (Romanos 1.21a). E o fruto desse comportamento contrário ao Senhor é: “os seus pensamentos tornaram-se fúteis e os seus corações insensatos se obscureceram” (Romanos 1.21b). Por isso, querido, não negligencie os mandamentos do Senhor, porque eles são bons. E, afinal de contas, é aquele que tem mandamentos do Senhor e os guarda que O ama verdadeiramente (João 14.21a). “E aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele” (João 14.21b). Reflita nisso e pratique o que Jesus lhe ordenou.

você pode gostar também Mais do autor