Erga a voz em favor dos que não podem defender-se

0

“Erga a voz em favor dos que não podem defender-se, seja o defensor de todos os desamparados” (Provérbios 31.8).

Erga a voz! Seja um instrumento de Deus em favor daqueles que estão fracos, oprimidos e desamparados, assim como Cristo fez. Jesus veio para os que estão doentes e não para os que estão sãos. Seja como o Salvador que valorizou as mulheres (em uma época em que elas não eram valorizadas), ajudou os leprosos (pessoas com uma doença incurável, consideradas impuras e que não podia viver no convívio da sociedade), amparou os órfãos, as crianças e as viúvas. O Messias ajudava os necessitados, estendia a mão para os doentes e anunciava a mensagem do Evangelho para os pobres.

Cristo não desampara aqueles que precisavam do seu auxílio. Temos, como igreja, lutado pelos pobres, pelas crianças e mulheres abusadas, pelos adolescentes órfãos? Temos visitado orfanatos, asilos ou casas de abrigo? Temos ofertado nosso dinheiro e tempo em favor daquele que não consegue ajudar a si mesmo? Precisamos (e devemos), como cristãos, ser uma resposta ao clamor dos que gritam por ajuda. Não fomos chamados para sermos egoístas, mas para sermos generosos e bondosos. Pense nisso!

você pode gostar também Mais do autor