3 riquezas que ganhamos em Cristo

0

Em Cristo temos tudo o que somos. Considere que antes de termos Cristo como Senhor e Salvador estávamos mortas, e mortos não são nada.

Em um pequeno trecho das Escrituras, na carta aos Efésios, no capítulo 1, Paulo nos mostra o que nós somos em Cristo, o que ganhamos quando Jesus nos resgatou.

Vamos enriquecer o conhecimento de nossa vida em Cristo.

Fiéis

“Paulo, apóstolo de Cristo Jesus por vontade de Deus, aos santos que vivem em Éfeso e fiéis em Cristo Jesus.” Efésios 1.1

Em Cristo somos nova criatura e nele somos fiéis. Nossa natureza humana caída não nos ajuda em nossa fidelidade, nossos pensamentos muitas vezes nos enganam e nos fazem cambalear entre dois senhores. Nosso coração enganoso muitas vezes quer nos fazer amar mais a nós mesmas do que ao nosso Senhor e Salvador. Mas a boa-nova é que em Cristo somos fiéis.

A pessoa fiel é obediente, recebe de seu Senhor a recompensa de sua obediência.

Abençoadas

“Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo,” Efésios 1.3

Ovelha, ser abençoada por Deus nas regiões celestiais é uma riqueza indizível!

A vida eterna é a benção inaugural de nossa vida cristã. Para estar nas regiões celestiais é necessário o passaporte da Vida Eterna em Cristo. Isso é apenas um vislumbre do quanto somos abençoadas. As regiões celestiais são onde Deus habita e quando estamos com Cristo nosso refúgio é lá no céu onde somos abençoadas.

“O Senhor é também alto refúgio para o oprimido, refúgio nas horas de tribulação.” Salmo 9.9

Filhas

“Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade.” Efésios 1.4-5

Pense o que é ser escolhida. Pensou? Se fossemos pensar nos padrões desse mundo seríamos escolhidas por algo que fizemos ou por alguma qualidade de nosso caráter, ou por algo que que temos a oferecer. Mas nosso Senhor nos escolheu por sua própria vontade, mesmo sem ver em nós algo que pudesse ser bom. Ele nos escolheu para nos separar do mal do mundo, isso nos revela a sua bondade. Ele nos escolheu para sermos santas e ainda mais do que isso para sermos irrepreensíveis, perfeitas diante do Todo-Poderoso. Não é uma escolha por causa de nossas miseráveis capacidades, tudo vem de Cristo.

E quando nos escolheu ele nos predestinou para entrarmos em sua grande família. A família do Rei dos reis, dos santos e fiéis. Estamos vivendo na casa do Pai, no Reino do Pai, que nos adotou sem olhar para nossos pecados, nossas impurezas, nossas vidinhas mais ou menos. Você adotaria uma pessoa qualquer em sua família? Daria a essa pessoa o seu nome e sobrenome? Trataria como filha legítima uma pessoa que você tirou das trevas e ainda daria a vida de seu filho para que essa pessoa tivesse vida? Muito provavelmente não, mas o nosso Salvador fez isso por nós. Ele nos resgatou com sua prórpia vida para nos colocar em sua família e participar da mesa do Rei das Nações. E quando o Senhor nos adotou foi para sermos como filhas legitimas, inclusive com direito a herança.

Conhecer essas verdades nos posiciona para uma vida de contentamento e gratidão. Em tempo de incertezas e de tribulações é bom termos firme convicção de quem somos: em Cristo somos filhas abençoadas e fiéis. E isso é só uma porção!

Autor(a): Renata Gandolfo.

Devocional Original: Voltemos ao Evanegelho.

você pode gostar também Mais do autor